19
ago
07

Liverpool é assaltado em casa

Árbitro Robert Styles, mal-intencionado, tira a vitória dos Reds

Em Anfield, o Liverpool quase venceu o clássico contra o Chelsea. No confronto direto que pode ser decisivo nos rumos do campeonato, os Reds teriam conseguido a vitória, se não fosse o roubo praticado pelo árbitro Robert Styles.
A partida começou com o Liverpool pressionando, assim como foram os últimos duelos entre as equipes em Anfield. Steven Gerrard fez um passe milimétrico para Torres, que passou tranquilamente por Ben-Haim e tocou na saída do goleiro, marcando 1×0. Depois disso, o que se viu foi um verdadeiro show de faltas e cartões amarelos, foram 4 no total. Ainda no final do primeiro tempo, Torres sentiu uma lesão em choque com Mikel e se tornou dúvida para a segunda etapa.
Torres se recuperou, e retornou jogando bem, assim como todo o time vermelho. No entanto, entrou em cena o ladrão chamado Robert Styles. Styles marcou pênalti absolutamente inexistente de Finnan em Malouda, já que o francês simplesmente se atirou em cima do zagueiro. Lampard cobrou e empatou. Depois, ele deixou de expulsar o próprio Lampard, que simplesmente agrediu Xabi Alonso com o jogo parado, dando apenas cartão amarelo.
Para completar a sacanagem, Styles protagonizou o lance mais bizarro dos últimos tempos: Ben-Haim cometeu falta e deveria ser expulso pois já tinha cartão. No entanto, o assaltante resolveu dar cartão a outro jogador que não tinha nada a ver com lance, Terry. Pra piorar ainda mais a situação, Essien reclamou e tomou cartão, o 2º dele na partida. A expulsão, lógica, não aconteceu. Depois da partida, Styles disse que não havia dado cartão a ele e sim gesticulado com a mão para marcar a falta, embora a imagem tenha mostrado claramente o cartão sendo erguido por ele.
Pela primeira vez no blog, foram usados alguns termos que antes tinham sido evitados. Peço desculpas por isso, mas acho que são mais indicados do que palavrões para essa situação. Caros amigos, o que vimos hoje entrou para a história do futebol. Foi um dos maiores roubos futebolísticos da história. 

FICHA TÉCNICA:

Partida: Liverpool 1×0 Chelsea
Local: Anfield Road, em Liverpool
Público: 43.924 pessoas que deviam pedir o ingresso de volta
Ladrão: Robert Styles
Jogadores:
Liverpool – Reina, Finnan, Carragher, Agger, Arbeloa, Pennant (Babel), Gerrard, Alonso, Riise (Crouch), Kuyt, Torres;
Chelsea – Cech, Essien, Ben-Haim, Terry, Cole, Kalou (Pizarro), Wright-Phillips (Joe Cole), Mikel, Lampard, Malouda (Alex), Drogba;

Gols: Torres (15′), Lampard (60′)
Cartões Amarelos: Carragher, Pennant, Gerrard, Kuyt (LIV), Essien (2 cartões), Ben-Haim, Terry, Ashley Cole, Lampard (CHE)
Cartões Vermelhos: nenhum, graças a Rob Styles

Anúncios

1 Response to “Liverpool é assaltado em casa”


  1. 1 Rodolfo Silva
    agosto 19, 2007 às 6:40 pm

    A arbitragem de Rob Styles é o reflexo da arbitragem inglesa. Os arbitros deste país simplesmente não apitam um jogo, eles parecem é que querem ensinar ao jogador que não se deve fazer falta.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: