15
set
07

São Reina

Nas últimas duas temporadas, a grande diferença entre o Liverpool e a dupla Man Utd/Chelsea era que os dois últimos conseguiam ser peritos em ganhar jogos em que jogavam mal e eram dominados pelo adversário. E isso faltava pro Liverpool que, aliás, muitas vezes nem conseguia ganhar jogos que dominava completamente, como em Anfield contra o próprio Man Utd, por exemplo. Hoje era dia de provar que isso mudou, mas os Reds voltaram pra casa com um empate. Dois pontos que podem ser preciosos mais pra frente. 

Reina – se não fosse ele, o Liverpool teria perdido feio. Além da sensacional defesa do pênalti, o discípulo de Clemence fez várias outras defesas dificílimas no decorrer da partida, garantindo mais uma clean sheet para seu belo currículo. Pela primeira vez na temporada, Reina foi muito exigido. E se saiu excelente. Nota: 25 

Finnan – já que Pennant não estava bem, até que tentou dar umas subidinhas pro ataque. Mas, quando lá chegava, ninguém aparecia para receber a bola. Aí fica difícil… Nota: 6,5 

Carragher – apesar de soberbo na marcação, nos cortes e na antecipação, quando esteve com a bola no pé dava sempre um chutão de qualquer jeito lá pra frente, que nunca resultava em nada, quando podia muito bem tocar para Alonso começar uma jogada com qualidade. Ou, pior ainda, no último minuto, quando deveria bater o desespero e dar um chutão de qualquer jeito pra frente, ele recuou a bola na fogueira pra Reina. Nota: 7 

Agger – assim como seu mestre, esteve bem, na medida do possível, já que o meio de campo não ajudava na marcação como deveria, sobrecarregando os dois defensores. A diferença dele pra Carra é que o garoto do Brondby foi muito mais lúcido na hora de sair jogando com a bola no pé, o que é uma grande vantagem. Nota: 7 

Arbeloa – ficou afetado psicologicamente pelo pênalti inexistente marcado contra ele e não conseguiu repetir as boas atuações. Nota: 6 

Pennant – sumiu em campo. Mesmo assim, deveria ter continuado, pois trata-se de jogador que pode criar uma jogada de gol em poucos segundos. Nota: 4,5 

Sissoko – me respondam uma pergunta: se vocês fossem um jogador de futebol que não tem nenhuma técnica nem habilidade, que a única qualidade futebolística é marcar extremamente bem, o que vocês fariam? Ficariam lá atrás, marcando enlouquecidamente, ou subiriam toda hora pro ataque, para atrapalhar as jogadas com seus passes errados e mau posicionamento? Parece simples, não? Mas, para Mohamed Sissoko e Rafael Benítez, não é. Em quase todos os jogos dos quais participa, Sissoko vai pro ataque para não fazer nada, obrigando o outro meio-campista (hoje Alonso) a ficar mais atrás para cobrir o buraco deixado por ele. No jogo de hoje, beirou o absurdo, pois ele ficava a maior parte do tempo no ataque e, quando voltava, não marcava ninguém! Alguém pode falar: “mas contra o Sunderland ele fez um gol”. Pois é, um gol em 78 jogos pelo time é muito pouco. Melhor deixar isso de subir ao ataque para quem sabe, como Alonso, que tem 14 gols em 140 jogos e Gerrard, que tem 76 gols em 391 jogos pelo Liverpool, e fazer só o arroz com feijão que ele faz bem. Quando ele aprender isso, vai ser um bom jogador. E, se ele se esforçar bastante, pode chegar no nível do Mascherano. Nota: 1 

Alonso – a metade criativa da dupla de meio-campistas dos Reds, esperava-se dele que repetisse a atuação do jogo contra o Derby, no qual teve a mesma função de criar as jogadas ofensivas do time. Só que ele não podia criar jogadas e marcar os adversários ao mesmo tempo, já que Sissoko se mandava toda hora pro ataque e ficava lá igual uma barata tonta. Nota: 6 

Benayoun – batalhou o jogo todo, tentando roubar a bola dos adversários. Quando conseguia, não tinha o que fazer com ela, já que ninguém aparecia. Ainda assim, quase fez um belo gol no começo da partida. Para completar, perdeu sua melhor chance no fim do jogo, pois não quis chutar, preferindo esperar até alguém aparecer na área. Mas não havia ninguém. Nota: 7

Crouch – não era jogo para ele, pois o time precisava mais de um Torres, que abre espaços na defesa, driblando os adversários e se infiltrando no meio da zaga. Todavia, Peter conseguiu criar uma boa chance no primeiro tempo, defendida por James, e ainda quase fez um belo gol no estilo Peter Crouch, na segunda etapa. Nota: 7,5 

Voronin – outro que jogou bem, na medida do possível. Se mexeu bastante, lutou pela bola, e quase fez um golaço de cobertura. Mas ficou muito apagado depois que Torres entrou, no momento em que os dois podiam criar algumas jogadas juntos, cada um ficou isolado em seu canto, sendo absorvidos pela marcação sufocante do Pompey. Nota: 7 

Torres – perdeu a melhor chance do Liverpool no jogo, após boa tabela com Gerrard. Depois disso, a única coisa que fez foi uma jogada pela esquerda que quase resultou em gol, tivesse Voronin uns 10cm a mais de pernas. Mas não foi culpa dele, pois a bola não chegava. Mesmo assim, deveria ter feito aquele gol. Nota: 6 

Gerrard – mal entrou, já criou a melhor chance do jogo para Torres. Depois teve que ficar agüentando Sissoko se mandando pro ataque… Se tivesse começado jogando, assim como El Niño, a história do jogo poderia ser diferente. Nota: 6 

Babel – ainda tentou dar seus dribles. Em vão. Nota: 6 

Benítez – poupar jogadores para partidas fáceis, como contra o Sunderland, tudo bem, tem que fazer isso mesmo. Mas o que é incompreensível é poupar os melhores jogadores ofensivos do time para um jogo dificílimo contra o Portsmouth! Gerrard, Torres, Kuyt e Riise. Dois no banco, e dois nem foram relacionados. Resultado: time sem criatividade nenhuma durante boa parte do jogo. Quando, finalmente, entraram Torres e Gerrard, já estava um pouco tarde, e o Pompey soube se fechar muito bem. Outra atitude incompreensível do bochechudo hoje foi botar Sissoko e deixá-lo em campo o jogo inteiro, mesmo jogando horrorosamente mal. Tem coisas que não dá pra entender… Nota: 4 

Melhor em campo: Reina

Pior em campo: Sissoko

Anúncios

0 Responses to “São Reina”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: